Goldman Sachs

A revista Rolling Stone publicou uma longa reportagem sobre o Goldman Sachs, na qual acusa o banco de investimento, entre outras coisas, de ser o principal perpetrador de várias bolhas no mercado financeiro, inclusive a atual.

Desdenhada pelos porta-vozes do GS como “uma histérica compilação de teorias de conspiração”, a reportagem, escrita num estilo extremamente informal, pode até supersimplificar alguns aspectos da história, mas levanta muitos outros acerca do modus operandi do banco que, no mínimo, merecem ser conhecidos. A matéria conta a história do GS através da sua atuação em 6 bolhas especulativas, que o banco teria ajudado a criar: a que levou à Grande Depressão (1920s), a da Internet (1990s), a imobiliária (2000s), a do petróleo (2008), a do pacote governamental da crise atual (que não é uma bolha, mas sim o resultado de uma) e a que o banco estaria ajudando a criar atualmente, a do mercado dos créditos de carbono do sistema cap-and-trade, que o governo Obama estuda implementar.

Leitura interessante.

Em tempo: interessante como a crise atual levou publicações não-especializadas a produzir matérias sobre temas financeiros. Um excelente exemplo é esta  reportagem da Wired sobre como Wall Street usou (se não erroneamente, de maneira equivocada) um modelo estatístico para precificar instrumentos de securitização de hipotecas, com resultados catastróficos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s