Carteira de variância mínima Set/12 – Status

Estou usando o Portfolio Tracker da Bloomberg para acompanhar carteiras. A Carteira de Variância Mínima (CVM) do mês de setembro está sofrendo até agora, devido principalmente à posição grande em elétricas (particularmente TRPL4), que sofreram bastante com a perspectiva de mudanças nas regras de concessão. Apesar de ações de companhias elétricas serem consideradas defensivas, a queda da TRPL4 mostra que \beta baixo não significa necessariamente risco baixo. O risco idiossincrático – aquele que é próprio da empresa – pode ser bem alto.

 

 

 

 

 

 

 

 

Cadastrei a CVM de set/12 com um valor inicial de R$1MM. A tabela abaixo mostra a situação geral da carteira, que hoje fechou com um valor de R$962.856, uma queda de 3,71%. O IBOVESPA acumula, no mesmo período, ganho de 8,84%.

 

Anúncios

Carteira de variância mínima – Set/12

A partir de agora, começarei a publicar mensalmente carteiras de variância mínima (mais informações aquiaquiaqui e aqui) formadas com as ações que compõe o índice IBOVESPA. Antes de continuar, leia isto.

Para facilitar, vou seguir uma metodologia muito simples:

  • No início de cada mês, considerar as ações que compões o índice IBOVESPA na data de referência (último dia do mês anterior)
  • Calcular matriz de covariância amostral com os últimos 2 anos de dados
  • Obter a Carteira de Variância Mínima (CVM) como solução do problema de minimização da variância abaixo\underset{\boldsymbol w}{\min}\text{ }\boldsymbol w'\boldsymbol\Omega \boldsymbol w\text{ tal que }\sum_{i=1}^{i=N}{w_i} = 1. \text{ } \left(1\right)
  • Rebalancear mensalmente.

Neste post, estou publicando a CVM para o mês de setembro de 2012 (isto é, obtida utilizando-se dados até agosto de 2012). As carteiras e os resultados ficarão na página Carteiras (menu do blog). A composição da CVM de setembro de 2012 é a seguinte:

Código  Ação Peso
AMBV4 AMBEV 15.59%
TRPL4 TRAN PAULIST 15.33%
CPFE3 CPFL ENERGIA 8.22%
CTIP3 CETIP 7.76%
DASA3 DASA 6.83%
ELPL4 ELETROPAULO 6.82%
VIVT4 TELEF BRASIL 5.71%
CIEL3 CIELO 5.41%
LIGT3 LIGHT S/A 5.15%
NATU3 NATURA 5.12%
UGPA3 ULTRAPAR 5.03%
RDCD3 REDECARD 4.99%
CCRO3 CCR SA 3.86%
CPLE6 COPEL 2.19%
OIBR3 OI 1.21%
CRUZ3 SOUZA CRUZ 0.55%
VALE5 VALE 0.25%
Total 100.00%

Do total de 69 ações do IBOVESPA, a CVM possui pesos significantes em apenas 17.  Conforme os resultados apresentados no meu artigo sobre o assunto, a CVM aloca em ações com beta baixo com o índice. O beta desta carteira é de aproximadamente 0,4. A volatilidade (calculada com últimos 60 retornos diários na data base 31 de agosto 2012) da CVM é de aproximadamente 13% ao ano, enquanto a do IBOVESPA é da ordem de 25% ao ano.

IBOVESPA CVM
Volatilidade 25.29% 13.25%
Beta 1.00 0.41

Os gráficos abaixo apresentam uma comparação entre a composição do IBOVESPA e da CVM, com os nomes das 10 maiores posições.

 

 

 

 

 

 

 

 

No início do próximo mês, publicarei a nova CVM e os resultados relativos à CVM acima.