Ranking: 100 melhores pares long-short

Segue um ranking com os 100 melhores pares intrasetoriais para operações long-short, de acordo com o modelo de Bandas de Bollinger com janela de 20 dias. Os pares foram ordenados de acordo com o critério de razão de informação (P&L médio dividido pelo desvio-padrão do P&L), utilizando um backtest com um período de 2 anos (de 22/07/2011 a 22/07/2013).

100BestBollinger

Anúncios

8 comentários sobre “Ranking: 100 melhores pares long-short

  1. Só algumas perguntas:
    – Você considerou os custos de transação (corretagem, emolumentos) na hora de abrir e fechar as posições?
    – Qual o impacto do slippage no retorno de cada operação? Usou os valores de ask e bid para abrir/fechar uma posição?
    – Qual o impacto da liquidez no retorno de cada operação? Você assume que sempre consegue abrir e fechar as duas pontas da operação?

    Faço essas perguntas devido à minha experiência em backtesting com estratégias de arbitragem. Quando levo em consideração os fatores acima, o sharpe dos pares (ou o information ratio, que você adota) diminui consideravelmente. Mas prefiro enviesar os meus testes com esses fatores, pois acredito que são os mais próximos possíveis da operação “real” com arbitragem.

    Na minha lista os pares com os melhores desempenho são GGBR3-GGBR4, GOAU4-GGBR3, AMBV3-AMBV4, E WIN*-BOVA11 (Mini-contrato futuro X ETF do Ibovespa). A frequência de minhas operações é de 1 minuto, com uma janela de dois dias de amostragem.

    • Oi QuantTrader, obrigado pelos comentários! Na minha experiência, o que mais afeta o Sharpe de uma estratégia de pares é o bid-ask. A corretagem pode ter um impacto muito grande também, dependendo de como é paga. Por exemplo, se a corretagem é fixa por operação, vai depender muito do financeiro usado (ver este post).

      O backtest que fiz para este post é relativamente simples, pois considerei o preço de fechamento das ações. Para simular o impacto do bid-ask, considerei um bid-ask spread hipotético de 0,01%, razoável para as ações mais líquidas. Também restringi, na largada, ações ilíquidas (baixo volume) do backtest. Respondendo as suas perguntas:

      – Você considerou os custos de transação (corretagem, emolumentos) na hora de abrir e fechar as posições?
      Sim, considerei corretagem (0.05%), emolumentos e custo de aluguel (5% ano).

      – Qual o impacto do slippage no retorno de cada operação? Usou os valores de ask e bid para abrir/fechar uma posição?
      Conforme acima, eu simulei o bid-ask (0.01%). Apesar de eu estar considerando o custo do bid-ask de forma simulada, na minha experiência, usar os valores reais de bid-ask pode gerar resultados bem diferentes. Por outro lado, simular o bid-ask permite fazer testes de estresse para verificar até que nível de bid-ask um par é consistentemente rentável.

      – Qual o impacto da liquidez no retorno de cada operação? Você assume que sempre consegue abrir e fechar as duas pontas da operação?
      Assumo sempre agredir o mercado no preço (simulado de bid-ask) e que conseguiria executar as duas pontas no valor respectivo (fecho a ponta comprada no valor de ask e a ponta vendida no valor de bid). Ou seja, seria como olhar o book de ofertas e assumir que meu trade consegue liquidar a posição completa na primeira oferta.

      Apesar de GGBR3-GGBR4 e GOAU4-GGBR3 estarem entre os melhores pares na minha lista também, AMBV3-AMBV4 não é lucrativo neste modelo (tem IR negativo). Porém, estou usando dados diários e vc, dados intradiários, portanto os resultados não são comparáveis. Usei dados diários pois acho difícil um investidor não-institucional explorar ineficiências em frequência mais alta. Além disso, quanto menor a frequência, maior o impacto do bid-ask, pois a volatilidade na frequência mais alta (intervalos menores) é menor.

      Abs,

      DrNickel

  2. Dr. Nickel, boa tarde !!

    Excelente comentário e como operador de pares há muito tempo, temos que levar em consideração os fatores citados acima, porém já esclarecidos por você.

    O que gostaria de saber é:

    Como você definiu o stop loss de cada par?

    E qual o volume que você entrou em cada posição?

    Obrigado pelo excelente trabalho !!

    • Obrigado J Trader.

      Creio que não defini um stop loss financeiro, mas um limite de tempo. Na minha experiencia, quando o trade nao converge, nao faz muita diferenca usar ou nao stop loss financeiro (na media). Considerei um valor igual para todos os trades e igual nas duas pontas.

      Abs

      DrNickel

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s